Durante a fase inicial de qualquer empreendimento o diretor participa ativamente de todo o processo produtivo, enquanto ainda não conta com outros colaboradores para a função. Isso porque ele precisa, além de manter a empresa viva, alavancar os negócios e se estabelecer como microempreendedor no mercado. O maior desafio, entretendo, vem logo em seguida, quando ele deixa de executar todas essas atividades – que passam agora a ser de responsabilidade de seus respectivos setores – para assumir a posição de gestor.

É nessa nova etapa que o empresário se torna efetivamente o administrador do negócio e começar a delegar as tarefas operacionais, ao mesmo tempo em que deve acompanhar tudo o que está acontecendo, em todos os departamentos. Mas étambém aíque a situação pode sair do controle, afinal, se não houver organização, maiores serão as chances de se cometer erros. O resultado? Baixa produtividade, redução da qualidade, desperdícios de materiais, atrasos, entre outras consequências que afetam, principalmente, o caixa da empresa.

Desta forma, não irá demorar nada para que a empresa entre para a lista do IBGE de novos negócios que fecham as portas em menos de três anos de atividades no Brasil.

 QUAL A SOLUÇÃO, ENTÃO?

noun_21754_ccSe a o desafio está em acompanhar a rotina da empresa, a solução nada mais é do que integrar todos os departamentos. Mas, como? Simples: implantando um Software ERP para pequenas empresas. Além de ser a ferramenta ideal para a função, já que é um aliado na gestão diária, contribui para que as informações mais importantes –fluxo de caixa, controle de estoque, entre outros –  estejam sempre a mãos. Desta forma, fica ainda mais fácil tomar decisões importantes para melhorar desempenho dos negócios.

Conheça os benefícios do software de gestão  para você e sua empresa

MAS CABE NO MEU ORÇAMENTO?

Já que o software de gestão ERP para pequenas empresas oferece inúmeras vantagens, é muito comum ouvir por aí que essa é uma solução cara; mas não é! Na verdade este é um investimento de retorno mais do Proque certeiro, afinal gera a redução de custos e o aumento da receita. Geralmente os preços variam de acordo com a complexidade, devido ao porte da empresa, o que significa que para pequenos negócios o custo  pode ser menor.

E É FÁCIL DE MEXER?

Mesmo com todos os benefícios trazidos pela tecnologia, desde sua criação, muitos ainda insistem no trabalho manual. As tradicionais planilhas, por exemplo, são bastante utilizadas pelas empresas para o controle de finanças. O problema éque além de estar sujeito a cometer erros, a pessoa também perde um longo tempo em cima de uma atividade que poderia ser facilmente realizada com apenas um clique.

Saiba o que fazer na hora de implantar um software de gestão

Em pouco tempo é possível se familiarizar com todas as funções e saber utilizar um sistema ERP para pequenas empresas.  Tamanha facilidade permite ainda que, em apenas alguns minutos, seja possível encadear uma venda, a emissão da nota fiscal, o romaneio para a separação no produto, a automatização da baixa do estoque e a atualização do sistema financeiro.

 

Agora que você já sabe por que investir em um software ERP para sua empresa, que tal aproveitar e conhecer as funcionalidades do ProComércio?

Fale conosco, marque uma consultoria gratuita e saiba como o ProComércio pode ser eficiente para o seu negócio.